O Homem Mais Forte do Mundo

Quem me conhece, sabe como sou: complicada, cheia de contradições… interessante. (Tá bem, reconheço, eu é que acho que sou interessante. Afinal, uma pecadora tem que ter um pouco de orgulho, não?) Quem me conhece, se surpreende ao saber que um dos “esportes” que mais gosto de assistir na televisão, é a competição “O Homem Mais Forte do Mundo”.

Explico: meu critério para decidir se alguma coisa é aceitavel ou divertida, geralmente vai contra o que é comumente estabelecido pela sociedade. Por exemplo: acho que o boxe é uma estupidez, e não um esporte. Pra mim, dois caras (ou mulheres) se dando porrada até desmancharem o rosto e o cérebro um do outro, é violência pura, selvageria sem justificação. Me dá vontade de vomitar.

Agora, você pergunta: e uma competição que se resume a um bando de gordos levantando pesos inimagináveis para qualquer ser humano comum, isso sim é esporte? Bom, não sei se “O Homem Mais Forte do Mundo” é propriamente um esporte, mas que eu me divirto muito assistindo a competição, é verdade. Acho interessante ver as coisas que os competidores conseguem fazer: arrastar um caminhão amarrado em sua cintura; levantar, das mais diversas formas, pesos de até 1.100 libras (498,3 quilos). Realmente é impressionante, e não há violência nenhuma.

Eu tenho até um favorito: Mariusz Pudzianowski, um polonês de 27 anos que é um dos campeões da competição. O ano passado eu vi esse cara fazer coisas que até Deus duvida. Ele foi tri-campeão em 2005.
A próxima etapa do campeonato vai ser transmitida Terça-feira 25 de Julho, as 13:00 e as 22:30, pela ESPN. Quem quiser se divertir, assista.

E antes que a mulherada tenha idéias erradas, aviso: os caras são feios. Não esperem encontrar corpos sarados e bonitões; a maioria deles são gordos, potentes misturas de gordura e músculo. No entanto, se vocês vissem a namorada do Pudzianowski… uma loirona alta, magra e bonita. Eu sempre fico me perguntando se ela está com ele por causa da fama e o dinheiro (olha o preconceito aí, gente!)…

Quem quiser saber mais sobre a competição, vá até o site oficial: “The World’s Strongest Man Official Site”. Em inglês.

© Deusario.com. Todos os direitos Reservados.
A cópia e reprodução não-autorizada deste texto está expressamente proibida.
Plágio é CRIME!

Nospheratt

Nospheratt é mulher por nascimento e vocação, irônica por diversão e hobby, brasileira inveterada, filósofa nas horas mais impróprias, blogueira de profissão, escritora e poeta pela pura necessidade de expressar seus oceanos interiores.
| Mais Nospheratt | Todos os textos escritos por

Receba atualizações por email!
Digite seu email:

No tags for this post.
tabs-top

5 Comentários em “O Homem Mais Forte do Mundo”

  1. jose carlos says:

    Pois é, também gosto de ver “o homem mais forte do mundo”, mas confesso que chamar meu esporte preferido de estupidez me ofende. Um pouco. O boxe foi mesmo uma estupidez, no seu início. Agora, felizmente, há regras para proteger os contendores. Como evidentemente, envolve algum grau de violência, pode haver lesões. Mas os caras treinam e têm preparo para fazer o que fazem. A maioria deles não desmancha o rosto, tampouco o cérebro. Agora, para falar em estupidez, podemos citar aqueles sujeitos que saltam de moto sobre carros, penhascos, e se esborracham no chão, quebram a espinha e ficam meses no hospital. Também eles, se lerem isso, vão reclamar. Enfim, o ser humano é assim, cheio de contradições. Só que dá uma tremenda fissura ter um outro maluco na frente, para dar e tomar sopapos.

  2. As vezes muitas coisas parecem estupidez, mas falando em modalidades esportivas, a patinação no gelo com aqueles collants(nem sei se é assim que escreve)e patins de botinhas, acho meio sem graça me lembra aquelas caixinhas de musica onde a bailarina só roda, roda e não sai do lugar.

  3. natalia says:

    como tu fez pra ficar tão forte

  4. natalia says:

    como tu fez pra ficar tão forte.