Objetivos, Metas e Indicadores Para Mudar Sua Vida

Quando se fala em objetivos e metas, é comum que haja certa confusão. No dia-a-dia, os dois termos parecem ter o mesmo significado. Para criar seu destino e construir sua vida, que é a causa de existir do Projeto Deusas, é preciso esclarecer estes conceitos a fim de usá-los ao seu favor e tirar o máximo proveito do que o Projeto tem a oferecer.

Mesmo que você não faça parte do Projeto Deusas (ainda está em tempo, ampliamos o número de participantes), o texto será útil para analisar os rumos de sua vida e, se necessário, fazer ajustes de percurso.

Vamos, então, entender o que são objetivos, metas e, ainda, indicadores.

Objetivos

Os objetivos mostram a estrada a ser seguida.

Os objetivos mostram a estrada a ser seguida.

O primeiro passo para construir uma vida melhor, mais feliz e mais gratificante é lançar um olhar sincero para o presente. Agora mesmo, reserve alguns minutos, afaste-se das distrações e pergunte-se: neste momento, como está a sua vida?

  • Como está minha saúde?
  • Como me relaciono com minha família e meus amigos?
  • Estou feliz no meu trabalho?
  • Qual é minha situação financeira?
  • Como me sinto hoje?

Pegue um papel, coloque a data e anote as respostas. Seja sincera – ninguém mais verá esse papel.

Nem sempre é fácil confrontar o presente, eu sei. Talvez alguma das suas respostas seja parecida com estas:

  • Passo pouco tempo com meus filhos.
  • Meu saldo no banco está no vermelho, de novo.
  • Detesto o meu trabalho.
  • Estou insatisfeita e frustrada com a minha aparência.

Após observar sua situação atual, comece a refletir sobre o futuro. Como você gostaria de estar daqui a seis meses, um ano, cinco anos? Imagine-se lá.

Compare esse quadro imaginário com o cenário atual e responda: o que gostaria de mudar?

  • Queria passar mais tempo com as crianças.
  • Seria ótimo chegar ao fim do ano com o saldo bancário positivo.
  • Um novo emprego viria bem a calhar.
  • Emagrecer um pouco me deixaria mais feliz comigo mesma.

Pegue novamente o papel e escreva: o que você vai fazer para que aquilo que você imaginou se torne realidade?

  • Vou passar mais tempo de qualidade com a família.
  • Vou regularizar minhas finanças pessoais.
  • Vou batalhar por um novo trabalho.
  • Vou emagrecer 10 quilos.

Pronto: você acabou de dar o primeiro passo para mudar a sua vida!

Claro, é preciso muito mais que uma carta de intenções para que as mudanças se concretizem, mas é esta carta o começo de tudo. Ela faz você analisar sua vida e encarar a responsabilidade sobre o seu futuro. Quando você fala “VOU“, está assumindo essa responsabilidade. Está, também, afirmando seus objetivos. Ao refletir sobre onde você está e sobre onde quer chegar, você esboça caminhos que conduzem a novos destinos. Cada um desses destinos é um objetivo.

É exatamente esse processo que muita gente faz ao escrever a famosa lista de resoluções de ano novo. Mesmo sem dar-se conta, essas pessoas olham o presente, projetam o futuro e traçam os objetivos a serem atingidos durante os próximos 12 meses.

Só que, geralmente, a lista vai parar no fundo da gaveta e acaba esquecida. Por quê? Por que começamos o ano com tantas intenções e chegamos ao fim dele com tão pouco concluído?

Pode ser porque sonhamos alto demais (e não há mal nenhum nisso). Em outros casos, porque surgem imprevistos que nos desviam do nosso curso (e não podemos evitar).

Na maioria das vezes, porém, o problema é que as mudanças desejadas parecem tão grandes – e tão difíceis – que você não sabe nem por onde começar. Fica perdida, confusa, angustiada. A falta de resposta ao “por onde eu começo?” leva ao desânimo, ao comodismo, à inação. Você olha a lista, mas não vê o caminho.

É justamente para evitar essa desorientação que existem as metas.

Metas

Metas são frações dos objetivos. São os passos que você deve dar para percorrer o caminho. Elas representam suas ações concretas, seu esforço para chegar ao destino.

Enquanto os objetivos dizem o que você quer mudar na sua vida, as metas dizem o que você precisa fazer para mudar a sua vida.

Quando as metas são bem definidas, você sabe por onde seguir. Olhando para trás, fica mais fácil ver seu progresso e, assim, manter a motivação apesar dos obstáculos. Como as metas são menores que o todo, cumpri-las é uma tarefa mais suave. Por outro lado, elas exigem atenção e foco constantes; com o tempo, provocam mudanças de hábitos positivas que se incorporam à sua rotina.

Nos exemplos anteriores de objetivos, que metas poderiam ser postas para alcançá-los?

  • Todas as noites, vou desligar a tv por uma hora e ouvir dos meus filhos como foi seu dia.
  • Vou anotar rigorosamente tudo o que gasto, pra descobrir pra onde meu dinheiro está indo.
  • Vou iniciar uma pós-graduação para incrementar meu currículo.
  • Vou emagrecer um quilo este mês.
As metas orientam o caminho.

As metas orientam o caminho.

O que lhe parece mais motivador? Olhar o monte de contas a pagar ou descobrir dia após dia onde você pode gastar menos? O que soa mais fácil? Entrar de novo naquele vestido que ficava fantástico antes da gravidez, ou perder um quilo por mês, devagar e sempre?

Um objetivo não se resolve com apenas uma meta. Anotar seus gastos não vai fazer sua conta bancária ficar azul magicamente, mas trará disciplina e consciência sobre as suas despesas diárias e, por conseguinte, mensais. A partir daí, outras metas podem ser traçadas: almoçar menos vezes fora de casa durante a semana; comprar menos supérfluos; encontrar alternativas de lazer baratas para o fim-de-semana e por aí afora.

É fundamental que você estipule metas passíveis de execução e de avaliação. Em gerenciamento de negócios, fala-se em metas SMART: eSpecíficas, Mensuráveis, Aplicáveis, Relevantes e Temporais. Siga essa regra ao determinar suas metas pessoais: descreva cada uma delas claramente, de modo que possa aplicá-las no cotidiano e medir o seu cumprimento. Estabeleça metas que realmente ajudem a alcançar os objetivos e dê-se prazos razoáveis (mas não eternos!).

Não importa quantas metas você precisará cumprir para atingir um objetivo – o que importa é manter o prumo. É aqui que entram os indicadores.

Indicadores

Indicadores são índices que permitem avaliar o progresso das metas.

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), por exemplo, é um indicador da riqueza, da educação e da longevidade da população de um país em comparação aos outros países. Por meio dele, pode-se avaliar se os programas sociais de um governo são bem-sucedidos. Outro exemplo é a sua conta de luz: ela é o indicador de quanto você gasta mensalmente com energia elétrica. Se uma das suas metas é reduzir esse consumo (o bolso e o planeta agradecem), é a conta de luz que informará, mês a mês, se a meta está sendo cumprida.

Indicadores mostram o que está indo bem e o que precisa ser ajustado durante a execução das metas. Assim, você não precisa chegar ao fim do prazo estipulado para descobrir se conseguiu atendê-las; em vez disso, pode avaliar seu progresso durante o caminho e fazer as correções necessárias, poupando tempo e evitando frustrações.

Que indicadores você deve seguir para avaliar suas metas?

Ora, tendo-se em vista que as metas são suas, ou seja, são individuais, pessoais e intransferíveis, seria injusto comparar a sua realização com a de outras pessoas.

Quando eu queria fazer alguma coisa com que minha mãe não concordava, eu tentava argumentar: “Mas Fulana, Beltrana e Sicrana podem!”. A resposta da minha mãe era invariável: “Eu não quero saber de Fulana, Beltrana e Sicrana, quero saber de você”. Aqui, vale o mesmo: o seu progresso é o que importa, o de ninguém mais.

Veja o caso do emagrecimento: você e uma amiga se propõem a perder um quilo por mês. Ambas se esforçam, fazem a mesma dieta e os mesmos exercícios. Você perde 700 gramas, enquanto sua amiga perde um quilo. Isso quer dizer que você fracassou? De jeito nenhum! Você foi bem-sucedida em perder 700 gramas e, se não chegou à meta de um quilo, é porque você é diferente da sua amiga. Talvez seu metabolismo seja mais lento, talvez os exercícios tenham aumentado sua massa magra (músculos), ou quem sabe você se pesou às vésperas de menstruar, quando a mulher retém mais líquidos.

Então, o que você faz? Fica sem indicadores?

Não mesmo. Essa é uma das grandes sacadas do Projeto Deusas.

Os indicadores refletem o seu progresso.

Os indicadores refletem o seu progresso.

Quando você se associa ao grupo de discussão, ganha acesso a uma Planilha de Metas. Você preencherá essa planilha (que é só sua, ninguém mais verá) e, diariamente, avaliará o seu progresso. Essa avaliação fornece os seus indicadores, meta a meta, mensalmente, em forma de gráfico. Num relance, você descobrirá onde concentrou esforços, o que ficou negligenciado e quais metas precisam ser revistas.

Para obter seus indicadores, fracione suas metas mais uma vez (lembra que elas já são frações dos objetivos) em atitudes mensuráveis diariamente. Pergunte-se: o que posso fazer hoje para alcançar minhas metas?

Veja um exemplo: seu objetivo é perder 10 quilos no ano, e sua meta é perder 1 quilo por mês. O que você pode fazer hoje para perder peso?

  • Não beliscar entre as refeições.
  • Não tomar refrigerante.
  • Não comer massa à noite.
  • Caminhar meia hora.

Cada uma dessas atitudes ocupará uma linha da sua planilha e originará um indicador. Dia a dia, você fará uma marca positiva na linha correspondente à atitude que conseguiu pôr em prática. Se não conseguiu cumprir alguma delas, não tem problema: amanhã é outro dia e você terá a chance de melhorar seu desempenho.

Outro exemplo: seu objetivo é tem um emprego melhor e sua meta é passar em determinado concurso público. O que você pode fazer hoje para atingi-la?

  • Ler seu material de estudo durante 2 horas.
  • Resolver questões de provas anteriores durante 1 hora.

Esses são os indicadores que você lançará na planilha e usará para acompanhar o seu progresso.

Indicadores são essenciais para manter a motivação e a perseverança. São eles que fazem a diferença entre aquela listinha anotada na primeira folha da agenda e um plano real de mudança de vida. Estão intimamente ligados às metas, quase confundindo-se com elas. A distinção principal reside na quantificação que oferecem, seja na forma de números absolutos (como no caso do IDH), percentuais ou gráficos (como no Projeto Deusas).

Não desista!

Lembre-se do velho ditado: “toda caminhada começa com um passo”. A frase é manjada, mas verdadeira. Se você mantiver o passo firme e a cabeça erguida, certamente chegará ao futuro que deseja, não importa quão difícil ou longo pareça o caminho. Só não chega ao fim quem decide parar antes.

Trace seus objetivos, mesmo que pareçam impossíveis. Em seguida, fracione-os em metas concretas, mensuráveis e realistas. Aplique indicadores às suas metas, fracionando-as mais uma vez. Trabalhe, dedique-se, esforce-se. Sem esforço não há recompensa. Faça uso da Planilha de Metas e da lista de discussão do Projeto Deusas. Elas são suas ferramentas de apoio.

Acima de tudo, não desanime se hoje as coisas não correram como você desejava. Amanhã é um novo dia, um novo começo.

Imagens: Mr. Ristoo, Eastop, Squirmelia e mrsmas.

© Deusario.com. Todos os direitos Reservados.
A cópia e reprodução não-autorizada deste texto está expressamente proibida.
Plágio é CRIME!

Lu Monte

Lu Monte adorava atari, papel de carta e livros. Hoje adora internet, seriados e livros (porque certas coisas não mudam). Escreve por vocação, tem mania de listas e guarda os cds em ordem alfabética.
| Mais Lu Monte | Todos os textos escritos por

Receba atualizações por email!
Digite seu email:

tabs-top

20 Comentários em “Objetivos, Metas e Indicadores Para Mudar Sua Vida”

  1. Roan says:

    Muito bom seu post! Conseguiu de modo simples e claro explicar alguns conceitos de administração, que alguns profissionais da área fazem questão de complicar. Parabéns.

    • Celso says:

      Há muita confusão principalmente entre indicador e meta e as vezes para muitos também de objetivo. A explicação está muito clara. Parabéns!

  2. Lu Monte says:

    Obrigada, Roan! Tive orientação de quem entende do riscado. :)

  3. Monica Loureiro Jorge says:

    Lu, quero tanto que alguém me ajude a usar a Planilha !
    Até agora não conseguí usar, acredita ?

    Monica

  4. Jolli says:

    Lu, estou interessada em participar do projeto deusas mas nao consigo me inscrever. aliás nao obtive resposta. help me! obrigada.

  5. Andrea says:

    parabéns por este post, é inspirador para o começo do ano!

  6. Metas para objetivos são excelentes, mas mesmo com planos e planilhas, o que faz real diferença na nossa vida é o que não planejamos e, 50% das vezes ao menos, não é nada do que esperamos e sim, contrário as expectativas, enfim.

    Meus para choques, digo parabéns, o post é muito bom! Vou recomendar.

    Amém.

  7. Diomeli says:

    Adorei o planejamento da metas , objetivo como cumpri-lás. Gostaria de informação como usar a planilha e como ter os indicadores.
    Estou determinada a mudar minha vida.
    Sair da rotina e conseguir nova estratégias para concretiza-lás.OBRIGADO

  8. Gisela says:

    Olá, meu nome é Gisela. Tenho 21 anos, mas não me julguem pela pouca idade…Um corpo novo também pode abrigar um espírito velho. Sou criativa, gosto muito de escrever, inclusive gostaria de arranjar informações sobre
    como sustentar-me com esse prazer, e por isso, trocar idéias seria bom…Mas estou aqui curiosa com o trabalho de vocês mais por sua beleza, feminilidade, e uma busca por ajudar as iguais. Isso interessou-me. Ando ultimamente muito desanimada com algumas coisas. Fazemos planos, buscamos, mas realmenente às vezes nos frustramos e pronto: já desanimamos em meio ao caminho. De vez em quando me sinto sozinha na multidão que é este planeta. Não me conformo com esse meu sentimento: um mundo grande cheio de coisas por descobrir, e nossa, uma dor no peito, uma nostalgia….Quero conversar com mais pessoas que sintam o mesmo, ou que discordem, quero ouví-las, trocar tristezas, alegrias, e assim nos aproximar-mos, como humanos com sentimentos em comum.

    Grata pela sua atenção, se puder me ajudar, não consigo inscrever-me nem para receber informações de quando abrirão inscrições!!!

  9. ROBERTO SOARES RAMOS says:

    muito boa as instruções, parabéns.

    Ramos

  10. Cláudia Mendes says:

    Obrigada pela explicação de objetivos e metas, tinha dúvidas e agora foram solucionadas em exemplos bem fáceis de entender.

    Bjs

    Cláudia

  11. nayara says:

    aiiii a cada frase q leio quero participar mais e mais , querooo muito essa planilha tbm.

  12. Erika Mendes says:

    Adorei seu texto. E gostaria de receber a planilha. Obrigada.

  13. lelia says:

    É um texto simples, com exemplos esclarecedores. Pesquisando para um encontro sobre metas e objetivos, encontrei esse endereço. Obrigada pelos esclarecimentos postados.
    Gostaria de receber também a planilha.

  14. Alex says:

    Muito instigante seu texto sobre plano real de mudança de vida. Fiquei curioso em conhecer tal planilha. Como faço para obtê-la ?!!?

  15. O melhor artigo sobre lifehack que já li EVER! Toda a organização que fiz dos meus projetos este ano foi baseado e motivado por este post. Já recomendei a vários amigos e continuarei recomendando.

    Um forte abraço pra nossa amiga deusa Lu Monte e sucesso!

  16. Belinha says:

    Olá! Cheguei aqui porque estou a participar do Desafio 21 Dias e a Nospheratt indicou esta postagem. Já me deram esta lição em formação sobre projetos e eu mesma também já tive de a dar em diversas circunstâncias. Por vezes é fácil complicar essas noções, você não o fez, conseguiu clareza continuada além de manter o leitor interessado até final!Merece parabéns.

  17. Rafael says:

    Parabéns pela postagem, gostaria de conseguir essa planilha, poderia enviar-me por email?
    Um 2012 repleto de conquistas.
    Obrigado!

  18. JULIANE COSTA says:

    NOSSA AMEI MUITO BOM ESSE SEU POST

  19. Lucas says:

    Olá Lu! Simplesmente adorei as coisas que escreveu. Muito simples e objetivo! Como faço para fazer parte do projeto e conseguir a planilha?

Trackbacks/Pingbacks

  1. trecos & trapos » Blog Archive » Resoluções para 2009 - [...] como é tradição em várias partes desse mundão grande que ainda vou conhecer inteirinho traçar metas e objetivos para …
  2. Lista de Objetivos Para 2012 - [...] Para quem precisa de orientação, recomendo a leitura deste excelente texto da Lu Monte: Objetivos, Metas e Indicadores Para …